Erro no Google
fb

Sindicato Dos Servidores Públicos Do Estado De São Paulo

Noticia

Lançamento de Frente Parlamentar fortalece luta no combate à violência contra a mulher

  • IMPRENSA
  • /
  • OUT 2023
  • /
  • Noticias 158

 

 
O Sispesp participou nesta quarta-feira (18) do lançamento da “Frente Parlamentar pela Defesa da Vida e Proteção das Mulheres e Meninas”. O evento aconteceu no auditório Paulo Kobayashi da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).
 
O evento, promovido deputada estadual Beth Sahão, contou com a presença da secretária Nacional de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, Denise Mota Dau, da deputada Professora Bebel e da ex-ministra Eleonora Menicucci. A iniciativa visa buscar ações na construção de políticas públicas de enfrentamento à escalada da contra a população feminina.
 
O Brasil ocupa o quinto lugar em um ranking de 83 nações que mais matam mulheres. E, segundo a Secretaria de Segurança Pública, o número de casos de feminicídio aumentou 34% no primeiro semestre de 2023 no estado de São Paulo, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Entre janeiro e junho deste ano, foram registrados 111 casos de assassinatos de mulheres. Em 2022, foram 83.
 
Os dados também mostram que foram registrados 28.117 casos de lesão corporal dolosa contra mulheres, 14% a mais do que o mesmo período em 2022. Os casos de ameaças contra mulheres igualmente tiveram aumento: 48.728 registros, contra 29.313 em 2022, ou seja, uma alta foi de 66%.
 
 
Presidente do Sispesp, Kátia Rodrigues esteve presente no evento. Segundo ela, os dados são estarrecedores. “É preciso uma reação firme, com políticas públicas que proporcionem efetiva proteção e a garantia de direitos das mulheres e meninas. Iniciativas como o lançamento dessa frente, podem ser o início de uma luta coletiva”, afirma ela. 
 
Delegacias da Mulher - Uma das linhas de atuação da deputada Beth Sahão é pelo funcionamento 24h das delegacias especializadas no atendimento de mulheres vítimas de violência, inclusive aos finais de semana e feriados.
 
O Estado de SP tem hoje 140 delegacias da mulher, mas apenas onze funcionam 24 horas. Sete ficam na capital, e as demais em Barueri, Campinas, Santos e Sorocaba. “É preciso que se cumpra o que determina a lei, em espaços onde as mulheres possam realmente ser bem acolhidas, protegidas e orientadas em seus direitos”, defende a deputada.
 

Pesquisa

Realiza sua busca por algum assunto

Ultimas Notícias

Notícias Notícias Notícias Notícias Notícias
Atendimento
De Segunda à Sexta-Feira das 09:00 às 17:00h
Endereço:

R. Silveira Martins, nº 53 - 4° andar - Sé

Centro - São Paulo/SP - 01019-000

Telefone:

(11) 3106-5098

(11) 95636-7601

Fliado a:

imgFederacaoPP     imgForcaSindical     imgCSPB     imgPSI

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba as últimas notícias e novidades!
2019 © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por DIAPOIO
Menu App