Erro no Google
fb

Sindicato Dos Servidores Públicos Do Estado De São Paulo

Noticia

Frente em Defesa do Serviço Público define agenda de ações

  • IMPRENSA
  • /
  • JUL 2022
  • /
  • Noticias 37

 
 
Eleições 2022 e a defesa do PDL 22 foram os principais pontos de pauta da reunião da Frente Paulista em Defesa do Serviço Público, realizada na manhã desta segunda-feira (25), de forma virtual. Entidades, que compõem a Frente, debateram e reforçaram a importância de intensificar a luta acerca das duas questões.
 
A reunião contou com a presença do deputado estadual Carlos Giannazi (Psol), que informou a situação do Projeto Decreto de Lei (PDL) 22 de 2020, que derruba o Decreto 65.021 e extingue o desconto sobre aposentadorias e pensões dos servidores.  Entre outros informes, Giannazi comentou o avanço do PDL na Alesp e a necessidade de manter a pressão sobre os parlamentares da Casa. “O avanço é fruto da pressão do servidor. Não podemos parar agora”, afirmou.
 
Nesse sentido, foi proposto e aprovado a construção de um calendário de ações, a partir do dia 1 de agosto, incluindo pedido de reunião com o presidente da Alesp, Carlão Pignatari, e com o governador Rodrigo Garcia; a realização de uma Audiência Pública presencial, panfletagem, vigílias e visitas aos gabinetes dos deputados, instalação de outdoors nos munícipios, confecção de jornais e boletins, entre outras iniciativas.
 
Twitter – Toda segunda-feira, a partir das 16 horas, as entidades promovem tuitaços a fim de dar visibilidade para a luta em defesa da votação do PDL 22 e também manter a pressão sobre o governo e parlamentares. Nesta segunda, a tag é #RodrigoGarciaReprovado.
 
Eleições – Os sindicalistas também explicitaram a preocupação com o debate eleitoral e de inserir a agenda dos servidores nos projetos dos candidatos. A intenção é chamar todos os candidatos ao Governo do Estado para o debate, bem como estabelecer uma Coalizão em Defesa das Eleições. 
 
Dívida Pública – Presidente do Sispesp, Lineu Mazano fez informe sobre a Campanha pela Limitação dos Juros no Brasil, lançada dia 19 pela Auditoria Cidadã da Dívida (ACD), com o apoio de mais 60 entidades. Segundo o próprio Banco Central do Brasil, 76 países possuem mecanismos legais que limitam as taxas de juros.
 
Mazano explicou que o próximo passo é fazer o lançamento nos estados, em São Paulo, será no dia 24 de agosto. “É importante a participação de todos, porque é um debate de interesse geral”, reforçou nosso presidente.

Pesquisa

Realiza sua busca por algum assunto

Atendimento
De Segunda à Sexta-Feira das 09:00 às 17:00h
Endereço:

R. Silveira Martins, 53 - Sé

Centro - São Paulo/SP - 01017-010

Telefone:

(11) 3106-5098

(11) 3112-8455

Fliado a:

imgnovacentralPP imgFederacaoPP

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba as últimas notícias e novidades!
2019 © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por DIAPOIO
Menu App