Sindicato Dos Servidores Públicos Do Estado De São Paulo

(11) 3106-5098 / 3112-8455
R. Silveira Martins, 53 - Sé
Seg - Sex 09:00 às 17:30

Brasil registra 1.129 mortos pela covid-19 em 24h. Pandemia segue descontrolada

  • IMPRENSA
  • /
  • JUL 2020
  • /
  • 15

por Gabriel Valery

 

 

O Brasil tem mais um dia com mais de mil mortes registradas pela covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Em 24 horas, foram 1.129 novas vítimas. A informação é do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), em boletim divulgado no início da noite desta quinta-feira (30). Desde o início da pandemia, em março, já são 91.263 mortos pelo vírus nesta que é a maior crise sanitária do século.

O número de novos doentes no período também foi elevado. Foram 56.837 casos, totalizando 2.610.102 brasileiros infectados desde março. O Brasil segue como segundo país mais atingido pelo vírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, que totaliza quase 4,5 milhões de casos e mais de 152 mil mortos.

Em relação aos países sul-americanos, o Brasil é o mais afetado. A soma dos 11 países do continente é de pouco mais de 45 mil mortos. A população do Brasil é similar ao total dos outros membros do continente – entretanto, o número é duas vezes maior.

Outro dado importante em relação à pandemia é a subnotificação. O Brasil é um dos países que menos realiza testes de covid-19. Mesmo os profissionais de saúde, que trabalham diretamente em contato com o vírus, são pouco testados. Estudo divulgado hoje pela Fundação Getúlio Vargas revela que menos da metade desses trabalhadores já passou por testagem.

Epicentro

 

 

O Brasil vive uma situação ímpar no mundo. No país, as autoridades que deveriam ser responsáveis pelo controle e combate à covid-19 pouco ou nada fizeram. O governo Bolsonaro desde o início desdenha da ciência e do vírus. Promove aglomerações constantes e força o fim do isolamento.

 

Governadores, que no início da pandemia decretaram medidas leves de distanciamento, agora passam a suspendê-las de forma precoce, de acordo sem ouvir os alertas de cientistas. O resultado é que o Brasil é o epicentro da pandemia de covid-19 há cerca de um mês, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

Entre as unidades da federação, São Paulo segue a mais afetada. O estado tem 529.006 doentes, de acordo com registros oficiais, e 22.710 mortos. Em seguida vem o Ceará, que tem mais casos do que o terceiro mais afetado, Rio de Janeiro, mas menos mortes. Isso se dá pois o Ceará é um dos estados que mais testa no país. Tem 171.468 doentes e 7.661 mortos, enquanto o Rio registra 163.642 infectados e 13.348, respectivamente.

 

Fonte: Rede Brasil Atual - RBA 

Atendimento

De Segunda à Sexta-Feira das 09:00 às 17:30h

Endereço:

R. Silveira Martins, 53 - Sé
Centro - São Paulo/SP - 01017-010

Telefone:

(11) 3106-5098
(11) 3112-8455

Fliado a:

SISPESP SISPESP

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba as últimas notícias e novidades!


Redes Sociais

Siga-nos se você quiser se manter atualizado sobre o que está acontecendo !!!
2019 © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por DIAPOIO